Experiência no IBM Think pode ampliar horizontes para o Camss Group

O IBM Think, evento em que o Camss Group participou em Las Vegas na última semana, representado por cinco integrantes, reuniu mais de 40 mil pessoas. Durante os quatro dias em que foi realizado, foram muitas as novidades divulgadas e as oportunidades de conhecer e vivenciar mais de perto as tendências da tecnologia para os próximos anos. 

 

“A gente viu que a IBM focou muito na questão de Inteligência Artificial aplicada à transformação digital nas empresas e do mundo, com o Watson como parte importante disso. Desde a colaboração, soluções de hardware, entrega de novas experiências, entre outros”, conta Luister Bonzanini, vice-presidente do Camss Group.

 

Para Gustavo Reis, diretor de Operações da Hop e da OneForce, um tema importante recorrente no evento foi o “salto do conhecimento”. Ele explica que a IBM está apostando que hoje vivemos uma etapa em que a tecnologia e os negócios estão crescendo simultaneamente e isso deve representar um salto na revolução no mundo.  

 

Um dos pontos de destaque do evento foram os Labs, que proporcionaram a nossa equipe conhecer mais de perto as novas tecnologias e os desenvolvedores envolvidos diretamente com as ferramentas. Um dos destaques entre os Labs foi acompanhar o avanço do Watson em reconhecimento facial. A apresentação de uma tecnologia capaz de “fazer análise de imagens e de vídeo em que é possível reconhecer pessoas, carros, quem está atravessando a rua. Reconhece movimentação de caixa, para implementar em supermercado, para identificar quem desvia compras”, afirma Luister.

 

Isso mostra o quanto o poder computacional evoluiu e se ampliou, transformando o nosso dia-a-dia. Para Gustavo, a Inteligência Artificial passará a ser uma parte tão integrada da rotina das pessoas que deixará até mesmo de ser notada. “Hoje uso internet e alta tecnologia no meu celular e nem percebo que estou usando uma tecnologia tão avançada que 15 anos atrás era impensável. O mesmo vai acontecer com a Inteligência Artificial, mundado a foma com que contratamos, nos relacionamos e informações que temos”.

 

Além da oportunidade de networking proporcionada durante o evento, a participação de clientes do Camss Group foi muito positiva. “Toda vez que um cliente vai para um evento desses é um ‘banho de loja’, tem coisas que ela pode estar buscando para a empresa, mas ao mesmo tempo tem coisas que ele conhece no evento e a partir disso quer buscar”, ressalta Luister. Ou seja, além de mostrar o quão atuais são as soluções desenvolvidas pelo grupo, é possível criar novas oportunidades para os clientes.

 

A expectativa do Camss Group após o IBM Think

 

Um dos destaques para a participação do Camss Group no Think é ampliar o leque de serviços e soluções oferecidos aos clientes. “Dentro do contexto da transformação digital, o Camss Group vai conseguir ter muito mais coisa para apresentar para os cliente”, destaca Luister.

 

De acordo com Gustavo, o evento foi uma oportunidade para o Camss confirmar as apostas feitas pelo grupo em tecnologias e tendências para as quais o mundo caminha. Além disso, outro ponto importante é poder acertar o direcionamento das ofertas digitais do grupo e também trazer novos conhecimentos que vão acelerar o trabalho que já é feito aqui no Brasil.

 

Lei de Watson

 

Apropriando-se da Lei de Moore, conceito estabelecido em 1965 por Gordon Earl Moore que determina que o poder computacional irá dobrar a cada 18 meses, a IBM cunhou durante o Think o termo Lei de Watson. Gustavo explica que, segundo a ousada teoria da IBM, o conhecimento irá crescer de forma exponencial graças ao uso da Inteligência Artificial aplicada a grande quantidade de dados disponível no mundo hoje e Big Data.

 

Camss Group no IBM Think

 

Além de Luister e Gustavo, estiveram presentes no IBM Think o presidente do Camss Group, Hugo Azevedo; Fabrício Braz, gerente de operações da LB2; e Tiago Moura, CTO da Hop.